brinquedos e idade

Quais brinquedos são adequados para as idades dos bebês?

Você sabe quais brinquedos podem ser dados aos seus filhos? Confira nossas dicas.

Costumamos dizer que crianças crescem rápido demais, não é mesmo? E não estamos errados.

Após o nascimento, o bebê está em constante crescimento e evolução, tanto corporal como cognitiva. E quando maior o bebê vai ficando, mais ele presta atenção e aprende com tudo ao seu redor.

É de extrema importância avaliar cada etapa do desenvolvimento da criança. Algumas crianças se desenvolvem mais rápido, outras já tem um processo de amadurecimento mais lento. É na primeira infância que podemos perceber sinais de que algo pode estar diferente, como o reconhecimento da criança autista, por exemplo, e é também na primeira infância que começa a ser criado a personalidade da criança.

Crianças gostam de brincar. Mesmo quando bebês, tudo o que é colorido, faz barulho e pode ser pego em mãos serve para divertimento.

→ Seu filho não brinca? Aprenda a identificar sinais de autismo e faça o tratamento.

Nesse artigo, vamos falar um pouco sobre os brinquedos dos bebês conforme sua idade.

Brinquedos de acordo com a idade

Saiba escolher os Brinquedos Indicados para Cada Idade

Bebês de 0 a 1 ano: Bebês nessa idade buscam por objetos que estimulem os seus sentidos e desenvolvam seus movimentos. Até os 3 meses o bebê não tem total destreza para segurar objetos.

Mas, a partir do 4° mês de vida, o bebê começa a conseguir segurar objetos, levando-os até a boca, apertando e chacoalhando. Paninhos coloridos, mordedores e móbiles prendem a atenção. A criança também começa a prender a atenção em objetos que possuam som.

Aos 6 meses, a criança começa a se sentar, e a observar melhor os objetos que pega, observa as cores, e até brinca com os barulhos.

Brinquedos com peças grandes como bloquinhos de montar são bons para o desenvolvimento, pois a criança começa a observar melhor as formas, e se diverte com o barulho do atrito entre elas.

Após o 9° mês, a criança já começa a querer se socializar, querendo que você brinque com ele, faça barulho com as peças e brinquedos sonoros.

Crianças de 1 a 3 anos: é uma idade gostosa, pois é quando começam as primeiras palavras e o desenvolvimento do andar. Tudo para a criança é motivo de atenção, inclusive coisas que não devem ir para suas mãozinhas. Costumam nos imitar e tentar fazer o que fazemos. O desenvolvimento lógico já começa nessa fase.

Brinquedos de montar, massinhas de modelar, bonecas e carrinhos começam a ganhar vida. Tintas coloridas e papel também costuma fazer sucesso, já que é incrível para a criança demonstrar o que vê através dos desenhos e de sua criatividade.

É uma fase que demanda atenção, pois a criança vai por tudo o que encontrar na boca, e vai querer abrir e fechar portas e gavetas, podendo ocasionar acidentes domésticos. Todo o cuidado é pouco.

3 a 6 anos: A criança começa a querer brincar com outras crianças, sendo essencial garantir essa socialização para que a criança aprenda a viver em comunidade desde pequena. O faz de conta começa a ganhar forma, e as brincadeiras como esconde esconde começam a aparecer. A criança começa a trabalhar seu psicológico e sua mente, conseguindo desenvolver habilidades em jogos de memória simples.

Após os 6 anos: a criança já pensa por si e tem controle sobre o que quer e o que não quer brincar. É o momento em que a criança começa a alfabetização. Brinquedos lúdicos fazem sucesso, como caça palavras, jogos de tabuleiro e dados, deixando a imaginação mais fluída. Começa também a fase de brinquedos motores como bicicleta, triciclo, e brincadeiras que remetem a profissões, pois a criança começa a se imaginar na vida adulta.

Agora que você já sabe qual é o brinquedo ideal para cada fase, pode escolher com menor preocupação!

→ Quando você pode introduzir fórmula na alimentação do seu filho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.